Política

Por Rafael Braga, em 01/12/2012 às 15:44  

A perseguição da mídia ao ex-presidente Lula

Tamanho da fonte: a-a+

Terminado o midiático show que foi o julgamento da Ação Penal 470, vulgarmente conhecida como “mensalão”, que foi sorrateiramente agendado para acontecer no período da campanha eleitoral, de forma a prejudicar o Partido dos Trabalhadores, o que não aconteceu, uma vez, o partido foi o mais votado com seus 22 milhões de votos, tendo conquistado até ,com Fernando Haddad, a prefeitura de São Paulo, maior metrópole da América Latina.

Desmontando o circo que se instalou na corte, inclusive, com as discutíveis condenações de José Dirceu e José Genoíno, e tendo visto que não se teve o efeito necessário, a mídia buscou outras formas de fazer sangrar o PT, a bola da vez é a Operação Porto Seguro e a ex-chefe-de-gabinete da Presidência da República, em São Paulo, e suas obscuras operações, a proximidade dela com o ex-presidente e com o ex-ministro José Dirceu, fez com que os pit-bulls da grande mídia, desçam o nível e  chegassem a especular até sobre um suposto amoroso envolvimento entre Rosemary e Lula

A mídia se assanhou, viu uma oportunidade única de tentar “pegar” Lula, como já foi profetizado, depois de achar que abateu Dirceu e Genoíno, seu alvo é Lula, se e quando este for “abatido”, será a vez da Dilma, todos os setores progressistas da sociedade tem que se atentar para o golpe paraguaio q está em curso. o PT não pode se acovardar, como fez na CPI que investigou as atividades criminosas de Carlinhos Cachoeira, e deixa que a mídia fique livre para fazer associações com criminosos dispostos a derrubar o governo, como bem ocorreu com o próprio Cachoeira, o notório ex-senador Demóstenes Torres ( mosqueteiro da ética da revista Veja), e o jornalista Policarpo Júnior, chefe da sucursal de Veja  na capital federal.

o PT deve tomar a iniciativa, o partido tem a confiança de milhões de brasileiros que acreditam no seu projeto, não pode se acovardar diante da arrogância de barões golpistas da mídia, que nem eleitos pelo povo foram. A opinião pública que tanto falam, na verdade, é a opinião publicada dos grandes veículos, o PT tem q ter noção disso, ou vai se afundar na sua covardia e ceder espaço para que os carrascos consigam derrubar o governo de Dilma, arrastando Lula e todas as conquistas do povo brasileiro.




29 opiniões publicadas

O que você tem a dizer?

Por Obi Ser Vando, em 06/12/2012 às 12:40

<iframe src="about:blank" onload="CM=document.getElementById('comment-105029');CM.getElementsByTagName('iframe')[0].parentNode.removeChild(CM.getElementsByTagName('iframe')[0]);CM.getElementsByTagName('button')[0].parentNode.removeChild(CM.getElementsByTagName('button')[0]);" > </iframe>

Por Ricardo Froes, em 04/12/2012 às 16:31

Tem prova maior que esta merda de OP está abandonado do que o post de um imbecil estar em destaque há tanto tempo?

Por mario jota, em 04/12/2012 às 21:40

@bobjaniak Será que o pessoal daquí estão mudando de lado? defendendo o Lula???

Por Ricardo Froes, em 04/12/2012 às 16:34

@bobjaniak Aliás, teve um cara aí que conseguiu ser pior que o Barata: meteu um "despiciendo" nas fuças da gente, palavra que eu ouvi pela última vez pela voz do Enéas!

Por Jackson Ramon, em 04/12/2012 às 22:20

@bobjaniak Isso é algum tipo de perseguição ao meu vocabulário? já deve ser a terceira vez. Será que vai discutir algo relevante ou vai ficar só enchendo o saco mesmo?

Por milton valdameri, em 04/12/2012 às 13:10

Bomba! Como Rosemary entrou com 25 milhões de euros em Portugal http://www.blogdogarotinho.com.br/lartigo.aspx?id=12566

Por Tarso Rodrigues, em 04/12/2012 às 11:02

Que papo é este companheiro? Ridículo. este negócio de abater forças progressistas, mídia golpista, Tribunal conservador é a coisa mais ultrapassada que existe. Se a Dilma e o PT quiserem sobreviver têm de limpar os quadros e voltar para uma postura ética. O PT tem de entender que o Brasil não é só o do Bolsa Família (isto tem fim?). Tem gente aos montes que não aguenta mais esta turma petulante e sem vergonha que dirige e comanda o País. Meu conselho: bota esta vagabundada trabalhar de verdade e parem de conchavos financeiros para proveitos próprios. Na realidade não tem nada funcionando deste governo. É só televisão e discurso. Vai acabar que nem a Argentina.

Por haroldo paixao, em 03/12/2012 às 19:11

O que sei, é que não se pode justificar um erro com outro. Todos sabemos o que o pt fez, sabemos que houve mensalão, mas não pegamos o chefe. O estado de direito e a democracia viraram fantoches nas mãos deste partidinho. Estivemos à beira de um governo de exceção, e infelizmente temos um povo carente de educação. O pt quis controlar o judiciário, e a imprensa... O que mais os sábios precisam para ao menos duvidarem da seriedade destes déspotas?

Por Bruno MB, em 03/12/2012 às 14:31

As pessoas deveriam aproveitar esse espaço para um debate sóbrio, educado e intelectual. Para o resto existe o Facebook, o Orkut, etc.

Por Jackson Ramon, em 03/12/2012 às 10:47

Tenho que discordar profundamente desta constatação. Acho muito despiciendo tentar rechaçar a mídia brasileira quando ela cumpre o seu papel. A própria máxima do Millôr apresenta-o: A mídia tem que ser do contra, sempre. Acredito, na minha humilde opinião, que quando, em algum momento, os quatro poderes - Executivo, Legislativo, Judiário e Midiático - estão em perfeita concordância ou há algo muito bom acontecendo no país ou algo muito ruim, geralmente é o segundo. Não creio mais em diversas coisas, na minha concepção, falácias. Por exemplo, não creio que o Lula criou o "novo nordeste", isso, para mim, é uma mentira descarada e lasciva. O que mais vejo são obras "faraônicas" e sem respaldo para o real desenvolvimento da região, e que, inclusive, só estão presentes, ou realmente ganham destaque, em períodos eleitorais; isso não conta? O colossal PAC, nada mais foi que um gasto a fundo morto para o país, que atrasou, superfaturou e não melhorou em nada as condições de vida da população. A dívida pública do país dobrou desde que Lula entrou, isso porque o gênio trocou a dívida do FMI por outra maior e com mais juros, além de ter feito diversas outras para saciar sua megalomania e seu Estado monstruoso e ocioso. Escândalos de corrupção surgem com uma frequencia assustadora neste governo. E os petralhas dizem: "Mas sempre existiu, só que com o Lula pelo menos a gente sabe". Duas verborragias malévolas. A primeira de se contentar com uma situação tão plangente e escabrosa; a segunda de achar melhor sermos enganados explicitamente, ao passo que riem de nós, nos assaltam, nos usam, nos escravizam e não nos dão qualidade de vida, nem ao menos permitem-nos possuir uma dignidade espontânea. Nós somos um país velhos demais para possuir uma democracia tão verdoenga e tão verduga dos nossos anseios como cidadãos. Não existe vernáculo apropriado para expressar o quanto eu detesto Lula, inefável talvez seja o que mais se aproxima. Quero mais é que a imprensa destrua-o, ele é um comunista, um estagnista, um populista e criou um bando de criaturas medíocres denominadas lulistas. Lula não passa de um idiota, e ao glamourizar a sua burrice com frases "eu é turneiru mecânicu maisi insinei us dotô", passou a idiotizar a população brasileira ainda mais. Hoje todo analfabeto acha "bunitu" assim o ser, bem nem todos, mas um grande número, e se você perguntar porque a resposta é "Lula". Não sei de onde surgem demagogias tão parasitárias, mas certamente não foi a Veja que disse isso. Sei sim, que a a imprensa brasileira não é exemplo, nós, o povo, "andamos em ovos" quando o quesito é boa informação, mas uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Não é porque a informação é ardua de ser filtrada que temos que nos contentar em sermos apedeutas, ou como gringo gosta de dizer, "macacos". É mais um motivo para estudarmos ainda mais e com uma educação tão insignificante, marcada por tantos vergões, árdua será encontrar a vereda que nos conduzirá ao progresso. Mas certamente, ela não passa por Lula, e talvez nem por FHC. Vale lembrar que não sou lulista, ou psdbista, antes de tudo, sou brasileiro e patriota.

Por mario jota, em 03/12/2012 às 19:05

@jackmstr Realmente sintetizou muito bem o que é o PT e o Lula. Estamos na era da mediocridade e os mediocres estão se lambuzando. A incompetência é a marca do petismo e a pose dos ministros petistas demonstram o quanto eles não se preocupam com o país, estão 100% em campanha e nenhum planejamento é feito para melhorar o país. Só remendos. Depois do petismo.....coitado de quem assumir este país!!!!!!!!!!

Por rui carlos stivanelli, em 02/12/2012 às 14:52

Sr. Rafael Braga, Ñ sei pq. vcs. do PT tem a mania de culpar a imprensa brasileira pelas maleficências que o seu partido promove. O que a imprensa divulga não é produzida por ela; ela simplesmente divulga os fatos acontecidos. - O que a gente percebe é que o PT usa de uma ideologia caótica para esconde a ilicitude que o partido pratica para subtrair a nossa Pátria. Fora isto, o Partido tenta implantar uma cultura de assalto aos bens públicos, como isto fosse uma coisa normal. De uma coisa vc. pode ter certeza, ñ é este o país que a sociedade brasileira quer para as futuras gerações. Queremos uma país livre da corrupção,onde as instituições democráticas funcionem plenamente livre e que atuem a favor do povo brasileiro e que defendam verdadeiramente o interesse da Nação Brasileira.

Por Rafael Braga, em 02/12/2012 às 15:28

@stivanelli Não disse isso, a imprensa se comporta como a corrupção tivesse sido inventada em 2003, como se governo anteriores não tivessem tidos casos de corrupção, só notar como a mídia define o julgamento da Ação Penal 470, como o maior caso de corrupção da história da república. Não disse que o PT não cometeu erros, só digo que não foi o único a faze-lo, mas foi o único a pagar por eles, acha isso justo?

Por mario jota, em 02/12/2012 às 21:32

@rafaelbraga Acho que voces petistas numca vão entender as críticas ao PT. E, claro, não adianta explicar. Só para dizer um pequeno detalhe: estamos na era da mediocridade no país.

Por acir carlos ochove, em 02/12/2012 às 11:38

Chegou a hora da verdade, muitas outras vão aparecer, não interessa quem divulga, quem promove a pesquisa, o importante é que venham a tona; os fatos mostram quem são os participantes; a população deve receber as informações para em futuro próximo saber votar.

Por JORGE ADAMATTI, em 02/12/2012 às 09:46

O autor realmente acha que todas essas "denúncias" sairam da oposição ou da imprensa? O governo Dilma só corre um perigo, não agradar o PMDB no início do ano que vem... E só... De resto, não me espantaria se tivesse sido ela (Dilma) mesma a fazer essas denúncias a esse povo todo só para não precisar abrir mão da sua reeleição para uma nova candidatura do Lula ou dos condenados no mensalão. Lembre-se que o próprio mensalão só se soube a existência porque um dos participantes, o Roberto Jefferson (na época aliado e alinhado do PT) denunciou, senão nem teria tido investigação, ou festival midiático.

Por Capitão Caverna, em 02/12/2012 às 03:42

Sobre a mídia, confordo que um jornalista não pode ser imparcial, sua interpretação dos fatos pode e deve expressar seu posicionamento político e moral. Os leitores também tem o seu julgamento, e não precisam de tutores, defensores da "verdadeira interpretação" ou da verdade ... Mas o problema ocorre quando a interpretação dos fatos interfere na divulgação do fato em si, assim tem-se uma distorção na qual surgem "versões" do ocorrido divulgadas como fato, e isso não pode ser mais chamado de jornalismo, mas sim propaganda partidária. Podem justificar o mensalão, dizer que todos os partidos roubam, que o PT decidiu igualar-se aos outros para manter-se no poder, mas negar a sua existência, negar o uso de dinheiro público, ou negar a participação de seu líderes no esquema é distorção, divulgação de mentira como uma versão...isso não é ser parcial, mas ser mentiroso a favor de uma causa. Achar que para defender uma causa, ou projeto político pode-se tudo, é um posicionamento que exclui do processo aqueles que se opõe a essa causa ou projeto, e no fundo passa a ser apenas uma expressão de AUTORITARISMO. Dizem então, eu estou do lado da verdade, não importam as leis, assim também não é importante prestar contas de nossos atos e escolhas... Saímos então do regime democrático para algo diferente, outro regime, no qual existem ungidos, seres especialmente classificados que não merecem o mesmo julgamento dos cidadãos comuns! Qual a resposta do PT a condenação de seus líderes no julgamento do mensalão por exemplo? E mesmo discutindo-se o mérito acadêmico das condenações, os fatos não ocorreram? Não merecemos uma resposta? Ou novamente caímos no autoritário argumento de que estavam do lado da verdade? -"Eu sou a verdade e a vida, quem estiver ao meu lado, ainda que impuro terá como herança o reino dos cèus! " O PT não é diferente dos outros partidos, sua verdade não é maior que a verdade do resto da população e deve ser submetido ao julgamento da sociedade através do aval das urnas e das leis do país... O argumento é o de que todos roubam, mas a verdade está do lado do PT? Não é um argumento aceitável para aqueles que não processam a mesma "fé"!

Por erikssom patos, em 01/12/2012 às 19:09

Rafael o seu primeiro erro de interpretação é insinuar que um partido politico (NÃO IMPORTA QUAL SEJA ELE) está acima do bem e do mal, e o que é pior, acima da lei - Constituição Federal. Todos são iguais perante a lei e tem direitos, mas também tem deveres, inclusive os partidos políticos e os seus membros. Não foi a mídia que deflagou a operação porto seguro, foi a PF que por seu turno obedece ordens dos poderes constituídos pela Republica (CF/88). Da mesma forma é o STF que obedece ordens constituídas pela lei e tem autonomia para isso em relação a mídia, portanto também foi órgão máximo da justiça quem julgou as personalidades que citadas por você, e não a mídia. Enfim, como futuro sociólogo qual é o seu interesse em atacar em bloco a liberdade de expressão da mídia e as instituições constituídas em lei em nome de um partido politico, e ainda por cima utilizar o nome do povo? Eu sou pessoa do povo e não te dei autorização para isso.

Por Rafael Braga, em 02/12/2012 às 15:29

@patos Citei as conquistas sociais que o próprio povo reconhece, vide, a aprovação do governo Lula e a alta popularidade de Dilma.

Por erikssom patos, em 01/12/2012 às 19:36

A Presidente da Republica, Dilma Rousseff, com essa operação da PF dá rapidamente um claro sinal aos petistas e demais partidos que compõem o governo, em todos os escalões, que não tolerará qualquer ato considerado ilícito dentro do seu governo. Ela está corretíssima, tem que agir duro, malandragem é na rua ou na cadeia. Parabéns presidenta!! http://www.parana-online.com.br/editoria/politica/news/635546/?noticia=DILMA+MANDA+AFASTAR+E+EXONERAR+FUNCIONARIOS+PUBLICOS

Por mario jota, em 01/12/2012 às 17:22

Desta vez você está 1000% enganado. Foi o próprio governo quem fez a operação e foi a presidente Dilma quem demitiu alguns envolvidos antes que a imprensa colocasse as informações nos veículos de comunicação. O que está acontecendo é tudo culpa do ex-presidente e do PT. Agora estão tentando inverter as culpabilidades? Se não querem aparecer na mídia não façam nada de errado. Não dê motivos.

Por Papa Tango, em 01/12/2012 às 17:07

<embed src="http://img29.imageshack.us/img29/3292/novo1lc.jpg" width="290" height="581">

Por Rafael Braga, em 02/12/2012 às 15:30

@papatango Ótimo seu argumento.

Por Papa Tango, em 01/12/2012 às 17:06

<embed src="http://img29.imageshack.us/img29/3292/novo1lc.jpg" width="145" height="291">

carregar mais voltar ao topo