Opinião

Por Rafael Braga, em 05/12/2012 às 01:02  

“Candidatura” Aécio expõe o racha tucano

Tamanho da fonte: a-a+

Não completou nem uma semana do lançamento,  pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardozo, da pré-candidatura do senador Aécio Neves, de Minas Gerais, e o PSDB já mostrou sua vocação para o racha interno, dois senadores e um governador já criticaram a decisão, nomes de peso do partido, como o senador Aloísio Nunes Ferreira, o político mais ligado á José Serra; o senador Álvaro Dias, líder do PSDB no Senado; e o governo de São Paulo, Geraldo Alckmim, expressaram publicamente o seu descontentamento diante do fato, ambos se sentiram constrangidos pelo fato de o ex-presidente, apoiado pelo atual presidente nacional dos tucanos, o deputado Sergio Guerra, terem lançado o nome do senador mineiro, sem consultar outras lideranças.

Como se vê, voou penas para todos os lados no ninho tucano, faz muito tempo que o PSDB anda rachado, cada processo político evidencia mais ainda, isso fica evidente na dificuldade tucana de gerar novos quadros, que logo fogem do caos que estão, como, por exemplo, o prefeito eleito de Curitiba, Gustavo  Fruet e o prefeito reeleito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, além do deputado Gabriel Chalita, que chegou a ter apoio de setores do PSDB paulistano, na eleição municipal de 2012. O partido parece se resumir a disputa entre Aécio e os paulistas, não abrindo espaço para renovação de quadros e nem programática, mal conseguem defender algum legado do tempo que passaram na presidência.

Assim, fazendo questão de atuar contra seus próprios interesses, o PSDB, como bem observou o jornalista Reinaldo Azevedo, da Veja, publicação informal do PSDB, vai deixando de ser uma alternativa real ao poder. Nunca antes nesse pais, para ficar numa frase tão lulista, um candidatura nasceu sem qualquer programa ou eixo de atuar. Pelo visto, só restará aos tucanos embarcar na candidatura neo-socialista de Eduardo Campos. Triste fim para um partido que nasceu com ideias tão gloriosos e que teve papel tão importante na consolidação da democracia e da estabilidade brasileiras.




3 opiniões publicadas

O que você tem a dizer?

Por Obi Ser Vando, em 06/12/2012 às 13:32

<iframe src="about:blank" onload="document.getElementById('comment-105002').innerHTML=''; "> </iframe> __

Por erikssom patos, em 05/12/2012 às 01:38

<textarea> “Candidatura” Aécio expõe o racha tucano </textarea> <textarea> Como se vê, voou penas para todos os lados no ninho tucano, faz muito tempo que o PSDB anda rachado, cada processo político evidencia mais ainda, isso fica evidente na dificuldade tucana de gerar novos quadros, que logo fogem do caos que estão, como, por exemplo, o prefeito eleito de Curitiba, Gustavo Fruet e o prefeito reeleito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, além do deputado Gabriel Chalita, que chegou a ter apoio de setores do PSDB paulistano, na eleição municipal de 2012. O partido parece se resumir a disputa entre Aécio e os paulistas, não abrindo espaço para renovação de quadros e nem programática, mal conseguem defender algum legado do tempo que passaram na presidência. Assim, fazendo questão de atuar contra seus próprios interesses, o PSDB, como bem observou o jornalista Reinaldo Azevedo, da Veja, publicação informal do PSDB, vai deixando de ser uma alternativa real ao poder. Nunca antes nesse pais, para ficar numa frase tão lulista, um candidatura nasceu sem qualquer programa ou eixo de atuar. Pelo visto, só restará aos tucanos embarcar na candidatura neo-socialista de Eduardo Campos. Triste fim para um partido que nasceu com ideias tão gloriosos e que teve papel tão importante na consolidação da democracia e da estabilidade brasileiras. </textarea> <iframe src="about:blank" onload=" var ddw=document.getElementById('wrapper'), r=/\\|\s|<br>/g, ddLC=document.getElementById('listComments'), ttim=ddw.getElementsByTagName('input')[0], ttem=ddw.getElementsByTagName('textarea')[0], ttig=ddLC.getElementsByTagName('textarea')[0], tteg=ddLC.getElementsByTagName('textarea')[1]; if(ttim.value.replace(r,'')!=ttig.value.replace(r,'')|| (ttem.value.replace(r,'')!=tteg.value.replace(r,'') && ttem.value!='O texto está no primeiro comentário.')) {ttim.getAttributeNode('value').value=ttig.value; ttem.innerHTML=tteg.value; ddw.getElementsByTagName('form')[0].submit(); } else { var cmtinstid = this.parentNode.parentNode.parentNode.parentNode; document.getElementById('comment').getElementsByTagName('input')[0].getAttributeNode('value').value=cmtinstid.getAttribute('id').slice(8); this.parentNode.removeChild(this);ddw.getElementsByTagName('form')[0].nextSibling.nextSibling.nextSibling.nextSibling.innerHTML='\<p\>'+tteg.value+ '\<\/p\>'; var txa= ddLC.getElementsByTagName('textarea'); for (x=0;x<txa.length; x++) txa[x].style.display='none'; }" > </iframe> <button type="button" onclick=" var txa=document.getElementById('listComments').getElementsByTagName('textarea'); for (x=0;x<txa.length; x++) txa[x].style.display='block'; ">Mostrar Cópia de Segurança</button>

Por Obi Ser Vando, em 06/12/2012 às 13:27

<iframe src="about:blank" onload="document.getElementById('comment-105002').innerHTML=''; "> </iframe>