Opinião

Por Elza A. Cardoso, em 27/12/2012 às 18:32  

PEC 37… Tem certeza de que sabemos bem o que é?

Tamanho da fonte: a-a+

Sabem bem o que é o “Projeto de Emenda Constitucional” PEC 37?
Aprendi, não na faculdade, mas em minha casa, com meus avós, que sempre que fosse analisar ou estudar uma situação, deveria fazê-lo dentro de um “sistema” e não de maneira isolada, encarando apenas um acontecimento como se fosse órfão, ou desvinculado de qualquer outra situação anterior ou futura.

Na verdade, depois de muitos anos de vida, pude ver que foi a lição mais preciosa que aprendi …

Para podermos enxergar toda a manobra maléfica e desleal que envolve a proposta e defesa deste projeto, deveremos nos deslocar no tempo, para bem antes, analisando todas as “medidas” jurídicas que foram tomadas nos últimos anos para evitar que SE TORNEM PÚBLICAS, ou de CONHECIMENTO PÚBLICO, crimes, roubalheiras e todos os “malfeitos” praticados por quaisquer políticos ou parlamentares aos quais, INOCENTEMENTE, passamos “procuração” irretratável, para representar nossa vontade perante o parlamento deste país.
Lembram-se dos anões do orçamento? Final dos anos 80 e início dos 90.
Lembram dos Sanguessugas,da máfia das ambulâncias? Pois é,QUANDO OS ESCÂNDALOS ENVOLVENDO políticos e parlamentares COMEÇARAM A SER COMPROVADOS, eles fizeram uma lei proibindo o “grampeamento de telefones. SÓ COM “ORDEM JUDICIAL”! E, todos sabemos da “amorosidade” que há entre os 3 Poderes, no Brasil…
Quando os Promotores começaram a falar em público sobre os crimes e sobre os políticos envolvidos nos mesmos, INVENTARAM A “LEI DA MORDAÇA” que proíbe que eles comentem publicamente sobre processos, até a final condenação, o que normalmente é protelado por todos os meios em Direito admitidos…
A G O R A, ESTA “EMENDA CONSTITUCIONAL” , feita por NÃO CONSTITUINTES, que PROÍBE O MINISTÉRIO PÚBLICO DE “INVESTIGAR”…
A D I V I N H E M!!!!
CONTINUAM ESCONDENDO seus crimes de TODOS! E USAM OS PODERES QUE NÓS LHES DEMOS PARA continuar a tapeação sem fim!
Imaginem, sem a investigação do Ministério Público, considerando que a Polícia Federal pertence ao Executivo, como ficariam ABSOLUTAMENTE DESCONHECIDOS OS SEGUINTES ESCÂNDALOS:

Caso Lutfalla (1977)
Caso Roberto Farina
Anos 80
Escândalo da Mandioca (1979 e 1981)
Escândalo da Proconsult (1982)
Caso Chiarelli (1988)
Anos 90
Caso Jorgina de Freitas
Caso Edmundo Pinto (1992)
Caso Nilo Coelho
Caso Eliseu Resende
Caso Queiroz Galvão
Caso Ney Maranhão
CPI do Detran (em Santa Catarina)
Escândalo dos Anões do Orçamento
Caso Rubens Ricupero (também conhecido como “Escândalo da Parabólica”).
Escândalo do Sivam
Escândalo do Banestado
Escândalo da Encol
Escândalo da Mesbla
Dossiê Cayman (ou Escândalo do Dossiê Cayman ou Escândalo do Dossiê Caribe)
CPI do Banestado
Década de 2000
Caso Luís Estêvão
Caso Toninho do PT
Caso Celso Daniel
Operação Anaconda
Escândalo do Propinoduto
Escândalo dos Bingos(ou Caso Waldomiro Diniz)
Caso Kroll
Escândalo dos Correios (Também conhecido como Caso Maurício Marinho)
Escândalo do IRB
Escândalo do Mensalão
Mensalão mineiro
Escândalo do Banco Santos
Escândalo dos Fundos de Pensão
Escândalo do Mensalinho
Caso Escândalo da Quebra do Sigilo Bancário do Caseiro Francenildo)
Escândalo das Sanguessugas (Inicialmente conhecida como Operação Sanguessuga e Escândalo das Ambulâncias)
Operação Confraria
Operação Dominó
Operação Saúva
Escândalo do Dossiê
Escândalo da Renascer em Cristo
Operação Hurricane (também conhecida Operação Furacão)
Operação Navalha
Operação Moeda Verde
Caso Renan Calheiros ou Renangate
Caso Joaquim Roriz (ou Operação Aquarela)
Escândalo dos cartões corporativos
Caso Bancoop
Esquema de desvio de verbas no BNDES
Máfia das CNH’s
Caso Álvaro Lins, no Rio de Janeiro
Operação Satiagraha ou Caso Daniel Dantas
Escândalo das passagens aéreas
Escândalo dos atos secretos
Caso Gamecorp
Escândalo dos Correios
CPI das ONGs
Operação Faktor
A Privataria Tucana




6 opiniões publicadas

O que você tem a dizer?

Por augusto josé sá campello, em 05/01/2013 às 19:39

Droga!!!!! A fatídica página branca dizendo : Error stablishing..... Mas, prosseguindo, Amiga Elza. Uma visão sistêmica é tudo de bom. Uso muito. Poder Judiciário. Tirante algumas ilhas de excelência, não funciona. Polícia (Poder \executivo) a civil ou Judiciária, ao menos aqui no Rio, é triste. Mal sabem redigir. A Federal ainda tem uns arroubos de independência. Mas não tem dinheiro, pessoal e equipamento compatíveis com o porte e necessidades do país. Poder Legislativo...o cheiro ruim me impede de falar. Bom. Considerando que estas instituições deveriam ser independentes entre si e, ao mesmo tempo se articularem em prol do bem comum.....fica difícil. Ajscampello

Por augusto josé sá campello, em 05/01/2013 às 19:30

Boa tarde. Amiga Elza, tome um chá de erva cidreira. O bestalhão aqui fica enchendo a paciência dos OPs repetindo que vivemos tempos difíceis. Mas, o bestalhão aqui também se preocupa, e muito, com as pessoas pobres e mesmo as emergentes. O custo em cima delas pode vir a ser brutal. Ajscampello P S. Elza, amenizo muito da "perebose" que aflige os mais velhinhos com remédios caseiros. E os médicos Homeopatas e farmácias idem, ....sumiram.

Por roberto argento filho argento, em 27/12/2012 às 19:11

É, cara Elza; faço uma Aposta num jogo de cartas marcadas. Passa a PEC 37 / 11. Não passa (nunca passará) o PL 3722 / 12.

Por Elza A. Cardoso, em 29/12/2012 às 01:26

@argento Caro Roberto, na verdade o que acontece é que o FHC começou, e o LULA continuou... O desarmamento só interessa a quem não se importa com a cidadania. Quando digo que o Brasil é o país MAIS HIPÓCRITA do planeta... Que é o "DIREITO À VIDA", se NÃO PODEMOS DEFENDÊ-LO? O Brasil é uma FARSA, seus governos são todos cheios de EMPÁFIA e vaidades. Querem mostrar ao mundo, às nossas custas, como eles são "interessantes", fazendo gentilezas com o chapéu alheio. Não vejo lógica na defesa do desarmamento, a não ser o dia em que , nossa polícia funcione exatamente como a dos EUA...Ligou pra polícia e, em 3 minutos, estão em sua casa...

Por roberto argento filho argento, em 27/12/2012 às 19:33

@argento: Com mais este "instrumento" - "Pragmatismo Social Democrata"- faz-se do Judiciário um Capacho do Executivo (nem mesmo coadjuvante) - "é Refém do Mercenário aquele que não se encarrega de sua própria defesa" (este princípio norteia a Constituição dos EEUU, não sem motivo)

Por José Antônio da Conceição, em 27/12/2012 às 22:27

@argento O que será que dirão os "plantonistas" sobre isso? Nada?