Opinião

Por José Antônio da Conceição, em 22/01/2013 às 22:46  

Assunto velho no OP…

Tamanho da fonte: a-a+

Prezado (a) JosE Antonio ,

Sua mensagem foi recebida pela Oi e está sendo analisada pela área responsável.

Por favor, aguarde nosso contato em até 10 dias corridos.

O número do seu protocolo via internet é: 3193111784070, de 22/1/2013.

A Oi agradece o seu contato.
—————————————————————————————————————————————————-

E-mail enviado à ANATEL (via site)

Referente: solicitação 2159954-2012 em que, a operadora conseguiu “enganar” a ANATEL e finalizar o processo! Informo que na data de hoje, por meio de ATA assinada pelo judiciário, numa audiência de conciliação acontecida no Juizado de Pequenas Causas, a questão foi parcialmente resolvida.

Explicando melhor:
[A ANATEL não me atendeu em minha primeira solicitação e não atendeu à minha expectativa de solução eficaz da questão apresentada. A solicitação referida foi feita sob número 2159954-2012. A ANATEL dignou-se apenas a enviar meu reclame à operadora e "acreditou" na resposta da operadora encerrando o processo da solicitação em epígrafe]

O protocolo em que informo à operadora este meu novo comunicado à ANATEL (embora a operadora já saiba) sobre o novo ocorrido é: 3193111784070, de 22/1/2013.

Na aludida ATA DO JUDICIÁRIO acima citada, a operadora “concede” créditos telefônicos de R$ 400,00 (quatrocentos reais), cancela faturas emitidas e se compromete ao “restabelecimento do funcionamento do número de acesso (31 34714988) a um ‘plano básico’ não definido”

Ou seja: O INTENTO da operadora em extinguir um plano pelo qual pagei (religiosamente durante anos) foi plenamente ATINGINDO e dentro “DA LEI” e “DAS NORMAS” emitidas pela própria ANATEL, a quem me dirijo!

Até Quando MEU DEUS? Até quando as entidades e instituições mantidas com o dinheiro público serão COMPARSAS daqueles que insistem em atentar contra a economia popular? Até quando?

Pergunto isso, como cidadão e como contribuite que não tem débitos com o Governo democraticamente eleito e nem com a Receita Federal!
—————————————————————————————————————————————————-

FIM DO E-MAIL (via site) enviado à ANTEL.

—————————————————————————————————————————————————-

RESPOSTA CITADA (Da operadora para a ANATEL – recebida por este reclamante, direta da ANATEL via e-mail)

Em contato com o senhor Jose (identificou-se como o reclamante) em 16/11/2012 às 15:35 através do terminal (31) 3471-XXXXXX, onde informamos que após análise nos móveis XXXXXXXXXX e XXXXXXXXXX não consta nenhuma irregularidade que pudesse acarretar cobrança indevida pois consta que em 04/10/2012 foi ativo o plano OI CONTA TOTAL pelo mesmo, sendo assim a cobrança está correta, mas em virtude de seu relato foi concedido o crédito no valor de R$ 126,02 para as próximas faturas. O protocolo mencionado 73418295-92 não foi localizado
—————————————————————————————————————————————————-
Com esta resposta, a ANATEL encerrou a minha reclamação, que, com perda de tempo precioso tive que dar continuidade no Judiciário!
—————————————————————————————————————————————————-

E mais: Quando eu digo aqui no OP que é necessário promover MUDANÇAS nos homens, para que as atitudes dos homens de bem se reflitam nas atitudes das instituições, ainda há quem ME CONTESTE!

—————————————————————————————————————————————————-

RECEBIDO POR E-MAIL:  (agora)

Esta é uma resposta automática, por favor, NÃO RESPONDA.
Também NÃO arquive este endereço eletrônico (email) no seu catálogo.
Denúncias, reclamações, sugestões e dúvidas devem ser encaminhadas ao
Call-Center: 1331 (ligação gratuíta) ou ao ER da Anatel mais
próximo:

http://www.anatel.gov.br/conheca_anatel/Escritorios/enderecos.asp

Caro(a) JOSE ANTONIO DA CONCEICAO,

O seu cadastro para acessso ao sistema SASC – Atendimento na Sala do Cidadão foi realizado com sucesso.

O sistema poderá ser acessado em http://sistemas.anatel.gov.br/sasc.

—————————————————————————————————————————————————-

E então? Minha RECLAMAÇÃO-ELUCIDAÇÃO-DENÚNCIA está lá ou não?




9 opiniões publicadas

O que você tem a dizer?

Por Sergio Zamprogno, em 23/01/2013 às 19:56

Se o capitalismo é a razão. Talvez deveriamos comparar com o que seria numa situação mais socialista. Será que seria como nos tempos onde só a Embratel (um monopólio controlado e protegido de competidores pelo governo) existia e a espera por uma linha telefônica era astronômica, chegando ao ponto de uma linha ser tão cara que alguns a declaravam no imposto de renda como bem? E se o governo, de acordo com o modelo socialista e com a intenção de evitar a competição desleal entre empresas, estabeleçer que todas as provedoras devam oferecer produtos e serviços semelhantes, de acordo com as regulamentações governamentais? Ja que provedoras não podem competir oferecendo um produto ou serviço diferenciado para o cliente por isso ser injusto para a competição, elas passam a competir para ver quem reduz mais o custo operacional. No final isso tudo afeta os salários dos funcionários e a qualidade dos produtos e serviços oferecidos aos clientes. No entanto, isso não importa para os socialistas pois é mais justo para todos. Isso acontece em varios setores no Brasil e ninguem entende a razão da falta de qualidade de tudo.

Por Jáder Ribeiro, em 23/01/2013 às 10:13

Pois é Seu José...graças ao governo que vc defende, a ANATEL não consegue nem fazer o mínimo do que se espera dela, já que foi totalmente loteada por incompetentes!!! Mas, dou um conselho, procure um juizado especial estadual e entre com uma ação contra a Oi. Narre tudo o que ocorreu e faça o pedido que entenda necessáro. Não precisa de advogado. Você vai sair de lá com um papel e uma data de audiência marcada. Não sofra mais com isso. E, da próxima vez que viver situação semelhante, não demore a procurar o Judiciário. Por lá esse tipo de problema se resolve mais rápido. No Brasil, empresas e órgãos reguladores ainda estão engatinhando em direito do consumidor, já o Judiciário vai muito bem. Vá lá. Jáder.

Por Ricardo Froes, em 23/01/2013 às 08:17

"Este é o 'capitalismo' não é mesmo?" Ainda bem que você botou capitalismo entre aspas, não é mesmo, JAB, porque esse "capitalismo" a que você se refere, nesse caso, é de Estado, uma aberração econômica que só acontece nos "evoluidíssimos" países da "moderna esquerda" latino-americana. Enquanto você reclamava, o BNDES, como prêmio, talvez pelos bons serviços prestados, aprovou um financiamento de R$ 5,4 bilhões para a Oi no dia oito passado.

Por erikssom patos, em 23/01/2013 às 08:40

bob , então se o JAC ler essa informação aqui quem sabe ele vai entender um pouco melhor a proteção que essas operadoras tem do governo e não estão nem ai para ele consumidor: Oi divulga dados preliminares de balanço de 2012 http://www.teletime.com.br/22/01/2013/oi-divulga-dados-preliminares-de-balanco-de-2012/tt/321697/news.aspx O problema é que a forma que o marxismo com o seu socialismo interpreta a economia é tudo ao contrario, ao avesso da realidade. Se essa empresa enfrentasse mesmo uma concorrência de fato e não fosse protegida pelo estado em uma especie de monopólio privado, ela faria isso com os seus consumidores. Agora imagina se a Oi está preocupada com os seus concorrentes, se elas tem uma área protegida pelo queridinho estado, pois elas atuam por área, e dentro do processo exite as taxas de interconexão, já frisei isso em outras ocasiões, a própria Anatel faz questão de manter altas para proteger as operadoras para que elas não venham a quebrar! É hilario mas é verdade, o próprio órgão gestor de controle não deixa as operadoras competirem entre si baixando as taxas de interconexão, porque se não a saúde financeira das empresas operadoras cai a sua lucratividade, quem vai dormir com uma dessa?! Para o JAC entender a realidade do processo regulador brasileiro é praticamente necessário desenhar, só que a plataforma aqui não permite isso!

Por erikssom patos, em 23/01/2013 às 07:50

Não, esse não é o capitalismo. Este é o capitalismo do estado em que você vive, ou interpreta e compreende como sendo capitalismo. O capitalismo é o resultado do livre mercado e de um estado liberal, e o seu caso é o resultado de um excesso de regulação empregada por um estado mercantilista para controlar o capitalismo. Somos massacrados por uma regulação quase que soviética. Pode se afirmar que não tem mercado de telecomunicações no Brasil. São tantas as leis, os decretos, os regulamentos, os condicionamentos, as metas de universalização e de qualidade, as licenças, os termos e tantos outros penduricalhos legislativos, que é preciso um especialista na área para entender a parafernália a serem cumpridos a risca, que a concorrência e liberdade de investimento não passam de verbalizações vazias , ocas como miolo de pote. A Anatel é obcecada em dirigir a atividade de seu setor que já inverteu o sentido de competição, invertendo o sentido de intervenção como se fosse competição. O resultado final desse monstrengo não poderia resultar em outra coisa a não ser desrespeitar o consumidor que é a rezão primeira de qualquer negocio. É exatamente o consumidor que é o mais desrespeitado em todo esse processo. E o pior de tudo é que ele não tem a quem recorrer, pois se o próprio estado interventor que se diz o seu protetor é o que mais o prejudica, então ele vai recorrer a quem?! Ao Papa?! Só para ilustrar o que esse órgão vem fazendo no Brasil para se ter uma ideia o buraco em que estamos enfiados: ANATEL multa usuários por compartilhar Internet wirellesspostado em:2 de setembro de 2011 http://diariodeteresina.com.br/noticias/anatel-multa-usuarios-por-compartilhar-internet-wirelless/#.UP9Qwh3BExA

Por erikssom patos, em 23/01/2013 às 08:18

Mais outra: Confira as principais propostas da Anatel para o PGMC http://www.teletime.com.br/16/12/2010/confira-as-principais-propostas-da-anatel-para-o-pgmc/tt/208212/news.aspx

Por erikssom patos, em 23/01/2013 às 07:55

Mais uma: A Anatel ameaça o sigilo http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,a-anatel-ameaca-o-sigilo,669097,0.htm

Por José Antônio da Conceição, em 22/01/2013 às 22:51

Uma observação: Os dois "CHIPS" cuja imagem já publiquei aqui no OP, encontra-se LACRADOS dentro da embalagem original. Na audiência de hoje, eu iria devolver (desde que me devolvessem também os 20 reais pagos por eles) e fui informado, que a devolução não seria necessária. Aconselharam-me a chegar em casa, desembala-los e "picota-los" com tesoura porque nem para a operadora teriam utilidade. Respondi que NÃO IREI picota-los, mas sim, guarda-los como "LEMBRANÇA DE UM EPISÓDIO".

Por José Antônio da Conceição, em 22/01/2013 às 22:52

@joseantonio400 Este é o "capitalismo" não é mesmo?