Brasil

Por José Antônio da Conceição, em 23/01/2013 às 16:33  

Números maquiados? Não entendi…

Tamanho da fonte: a-a+

PIBINHO é notícia por todo lado…

Diversos produtos (principalmente linha branca e automóveis) sofreram redução de IPI para incentivar as vendas…

Houve desoneração da folha de pagamento de diversos setores da economia…

Houve desoneração de diversos produtos de exportação…

—————————————————————————————————————————————————-

Tudo isso significa menos arrecadação de impostos em 2012!

—————————————————————————————————————————————————-

Antes, porém, todavia, contudo…

23/01/2013 – 15h51

Arrecadação federal soma mais de R$ 1 trilhão pela primeira vez na história


O governo federal arrecadou R$ 103,246 bilhões em impostos e contribuições em dezembro e atingiu R$ 1,029 trilhão no ano passado, divulgou nesta quarta-feira (23) a Receita Federal.

É a primeira vez na história que o valor da arrecadação do governo ultrapassa R$ 1 trilhão.

O resultado representa uma alta real –descontada a inflação– de 0,96% em dezembro sobre igual mês do ano anterior, e de 0,70% em 2012 ante em 2011.

Em novembro, a arrecadação havia ficado em R$ 84,368 bilhões.

Os valores são corrigidos pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), calculado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e usado pelo governo como índice oficial de inflação no país.

Fonte:

http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1219229-arrecadacao-federal-soma-mais-de-r-1-trilhao-pela-primeira-vez-na-historia.shtml




6 opiniões publicadas

O que você tem a dizer?

Por augusto josé sá campello, em 01/02/2013 às 16:24

Boa tarde. Há mais coisas esquisitas entre a realidade e os números do que a nossa vã filosofia. De um lado, foram somadas quantias que o dono do botequim chamaria de "haveres futuros". Um contador honesto não chamaria isto de maquiagem. Diria que se trata de marretar um resultado. Ajscampello

Por mario jota, em 23/01/2013 às 18:36

Vejam como esse governo é incompetente, com esse montante de recursos e bem administrado, poderíamos estar numa situação menos falimentar. O país está numa baderna sem limites e arrecadando muito. Só uma área funciona bem nesse governo: Receita Federal. O restante, uma desordem.

Por tiago jb, em 23/01/2013 às 18:06

Daqui a pouco alguém virá desenhar para vc poder entender.

Por José Antônio da Conceição, em 23/01/2013 às 18:16

@tiagojb Ou será que IRÁ DESENHAR para mim e para você também?

Por tiago jb, em 23/01/2013 às 20:01

@joseantonio400 Descontada a inflação, alta de 0,7% em relação a 2011. Muita coisa, né? Isso porque a projeção era de ser 1% maior.

Por José Antônio da Conceição, em 23/01/2013 às 18:20

@tiagojb Se, não entendeu o post, basta explicar sua dúvida e perguntar...