Opinião

Por José Antônio da Conceição, em 30/01/2013 às 08:43  

SOBRE LEILÕES DE VIRGINDADE

Tamanho da fonte: a-a+

Relendo discussões passadas deparei com o Victor Castro citando meu nome num comentário.

http://www.observadorpolitico.com.br/grupos/sociedade-2/forum/topic/o-que-significa-agir-de-forma-etica-poste-aqui-sua-resposta
—————————————————————————————————————————————————-
Por Victor Castro, em 10/01/2013 às 10:31
Só quero esclarecer que abri este tópico porque José Antonio disse que as meninas que leiloaram suas virgindades agiram de modo antiético. Ainda não me respondeu porque. Afinal, o que é ser antiético? Porque elas teriam agido de modo antiético?
—————————————————————————————————————————————————-
Peço desculpas! Demorei 20 dias para ver a referência ao meu nome (estava difícil acessar seu post sobre ética).
—————————————————————————————————————————————————-
Vou tentar responder Victor, mas de forma absolutamente pessoal, tentando ser completamente isento de influências externas ou daquilo que disseram sobre a ética os autores famosos:

A prostituição é a profissão mais antiga do mundo e jamais será erradicada! A família (estruturada) é a célula principal da sociedade, lugar onde nasce a pessoa indefeso(a), bobo(a), sem educação, sem escolarização, sem finesse, sem domínio da língua, analfabeto(a), dependente.

18 anos após o nascimento a pessoa nascida (homens e mulheres) estará apta a ingressar nas fileiras das forças armadas e defender (em nome do Estado e da nação) nosso território, nossas propriedades e nossa liberdade.

Mais uns três ou quatro anos e esta hipotética pessoa poderá estar se graduando em um curso superior e passar a ser um dos profissionais que presta serviços à sociedade.

Num mundo dominado pelo capitalismo, que leva as pessoas ao sentimento de que dinheiro é TUDO e a ausência dele é NADA, é natural que enquanto existir quem pague altas somas por um produto, quem tenha este produto coloque-o à venda! Pensando pelo lado de quem vende, se existe quem pague e se a transação não é proibida em Lei, aparentemente está tudo certo e tudo ocorrendo dentro da ética! Porém, não são as Leis ou o cumprimento delas que determinam o comportamento ético!

Na minha opinião, a falta de ética nos “leilões de virgindade” não reside no ato em si, mas nas consequências do ato, pois, se de repente a moda pegar e todos os hímens começarem a ser leiloados para se ganhar um dinheiro fácil, numa situação em que a obtenção do mesmo em altas somas é cada vez mais difícil, teríamos então uma população só de homens e prostitutas! As famílias (em sua maioria) deixariam de existir.

Inexistindo família onde a pessoa que nasce será acolhida, cuidada,  educada, ensinada? Onde será possível aprender direitos, deveres, limites?
—————————————————————————————————————————————————-
Certa vez minha esposa me dirigiu a seguinte pergunta: “Casa, o que é?”
Sem pensar, respondi: “Casa é o lugar para onde se volta, sempre”!

Depois, meio surpreso com minha resposta instantânea fui refletir: Eu não estava me referindo a casa, mas tinha respondido a respeito de lar. Descobri que para mim, casa e lar são praticamente coisas iguais embora as palavras tenham conceitos diferentes.

É por gostar (amar mesmo, ser apegado ao extremo) demais de casa, de lar, de aconchego, de respeito, de educação familiar, de convívio humano, de apendizado pelo exemplo, que classifiquei a atitude das meninas que “leiloaram a própria virgindade” de atiude anti-ética!

Fiquei com medo de estes episódios de leilão de virgindade serem o início do fim daquele aconchego de que tanto gosto e desejo que todos tenham a oportunidade de desfrutar!

Se, não lhe respondi, não me pergunte de novo. Não tenho outra resposta!

José Antônio da Conceição

Tags: Educação, Cultura, Família, Sociedade

Todo o meu respeito às prostitutas. Esta minha opinião não tem a intenção de denegri-las enquanto pessoas humanas “usadas e descartadas” por outros seres humanos!




34 opiniões publicadas

O que você tem a dizer?

Por Victor Castro, em 11/02/2013 às 22:51

José Antonio, entendi o que você quis dizer. Não concordo, mas entendi seu raciocínio. Creio, contudo, que mesmo se aplicarmos o imperativo categórico sobre essa conduta em tese (leiloar a virgindade), ela não é em nem o problema (o leilão em si, mas sim as desigualdades econômicas e a cultura do consumismo que o desencadearam), nem a solução (proibir o leilão não nos torna uma sociedade melhor, apenas suprime um sintoma micro de uma doença macro). Valores não se impõem pela lei, nem de cima pra baixo (salvo quando existe uma parte mais fraca a ser defendida - ex: prostituição infantil, tráfico de mulheres, etc). Valores se constroem com diálogo e argumentação. Por isso discordo de atribuirmos a esses leilões uma "degeneração de toda a sociedade". A sociedade já está degenerada pelas desigualdades econômicas existentes, e somente uma universalização da cidadania e equalização das oportunidades de ensino e formação profissional (com os adendos periféricos necessários: saúde, habitação, infraestrutura, etc) podem curar essa doença. Enquanto ela existir, que essas moças continuem leiloando suas virgindades, como um tapa na cara de uma sociedade que admite crianças de rua pedindo dinheiro no sinal, mas quer controlar a vagina alheia.

Por José Antônio da Conceição, em 15/02/2013 às 10:32

@victorcfs Eu também entendi seu raciocínio Victor. Você demonstrou como o dinheiro (ou a falta dele) pode agir até onde não é costumeiro introduzi-lo! Gostei!

Por José Antônio da Conceição, em 15/02/2013 às 10:36

@joseantonio400 Costumeiro = Que é comum ou frequente (ritual costumeiro); USUAL; HABITUAL.

Por Elza A. Cardoso, em 31/01/2013 às 14:47

Lamento mesmo, pelas meninas que pensam e agem utilitariamente, com esta situação que deveria ser especial, nesse este "rito de passagem" para a sua vida adulta... Cada dia te admiro mais, José Antonio, caro amigo!

Por regina oliveira, em 30/01/2013 às 20:59

Em tempos de putaria , as putas são politicamente corretas - liberdade de expressão.Tenha paciência!

Por Obi Ser Vando, em 30/01/2013 às 15:53

Catarina diz: Para mim, não é prostituição. Quando alguém faz uma coisa uma vez na vida, não é considerado dessa profissão. Se você tira uma foto e sai legal, não é fotógrafo por isso. Não vejo problema com a prostituição. É a profissão mais antiga do mundo e deveria ser legalizada. Há uma frase de um filósofo que gosto muito, o Henry Thoreau: "A opinião alheia é um fraco tirano se comparada com a nossa opinião sobre nós mesmos". em http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1159380-minha-historia-catarinense-de-20-anos-leiloa-virgindade-pela-internet.shtml e arremata em http://4.bp.blogspot.com/-pnRX6K-ue5I/UO21iXz9xZI/AAAAAAAAHqI/a9RWiqY91M8/s1600/689271329_CatarinaMigliorini_006_123_636lo.jpg

Por José Antônio da Conceição, em 30/01/2013 às 11:38

OBI: Amor verdadeiro é um relacionamento de doação incondicional entre dois seres humanos, onde o "cuidar do outro" seja o mote e o desejo que realimenta a relação, desde que ela (a relação) seja absolutamente isenta de interesses, comerciais ou não!

Por Obi Ser Vando, em 30/01/2013 às 11:52

@joseantonio400 , o que é o amor?

Por Obi Ser Vando, em 30/01/2013 às 16:07

@joseantonio400 , amor é doação incondicional?

Por José Antônio da Conceição, em 30/01/2013 às 14:57

@feliz Obi! Que interrogatório! Tá bom! EU RESPONDO: Não sei se você é homem, mulher, adolescente inteligente ou já bastante vivido como eu! Amor, é (mais ou menos) o que eu sinto por você (pelo que você já demonstrou de si aqui no OP). Respondido?

Por Ricardo Froes, em 30/01/2013 às 11:27

Mas o que diferencia uma mulher que leiloa a virgindade de uma prostituta? A meu ver, nada. Desde os tempos imemoriais as virgindades eram vendidas nos lupanares por preços diferenciados dos cobrados pelas outras prostitutas. Isso é mais velho que a Sé de Braga. Aliás nem sei o porquê dessa estranha preferência atávica dos homens. Machismo esquisito esse...

Por Obi Ser Vando, em 30/01/2013 às 11:50

Talvez o instinto primitivo da perpetuação do mais forte. uma outra pista http://pt.wikipedia.org/wiki/Direito_da_primeira_noite

Por Ricardo Froes, em 30/01/2013 às 11:20

Desculpe aí, mais uma vez, mas violar, violentar e estuprar significam exatamente a mesma coisa. Do Houaiss: Estuprar - verbo transitivo direto: forçar (alguém) a ter relações sexuais, usando de violência física; violar, violentar. Violentar - verbo transitivo direto: cometer estupro contra (alguém); estuprar, violar. Violar - verbo transitivo direto e intransitivo: ter relação sexual com (pessoa) contra sua vontade; estuprar.

Por Obi Ser Vando, em 30/01/2013 às 11:30

Bem-vindo. O priberam concorda também. http://priberam.pt/dlpo/default.aspx?pal=violar :-)

Por Obi Ser Vando, em 30/01/2013 às 10:51

Por José Antônio da Conceição, em 30/01/2013 às 10:14 @feliz O suporte não, a ética é a denunciadora da hipocrisia e das ideologias nefastas travestidas em pele de cordeiro! ___________ Qual seria a denunciadora da ética?

Por José Antônio da Conceição, em 30/01/2013 às 11:00

@feliz Este é um caminho inverso sem fim! Se eu disser, por exemplo, que o Amor verdadeiro pode denunciar a ética, você perguntará que é o denunciador do Amor?

Por Obi Ser Vando, em 30/01/2013 às 11:05

@joseantonio400 pergunto: o que é o amor verdadeiro? :-)

Por Obi Ser Vando, em 30/01/2013 às 10:11

http://www.observadorpolitico.org.br/grupos/sociedade-2/forum/topic/prefeririam-ver-um-homem-morrendo-sem-um-gemido-no-campo-de-batalha-do-que-uma-mulher-fazendo-amor-entre-gemidos-na-rua

Por José Antônio da Conceição, em 30/01/2013 às 10:17

@feliz "Façamos amor e não a guerra"! Os hippies (anos 60) fizeram! E mudaram a cara do mundo!

Por José Antônio da Conceição, em 30/01/2013 às 09:48

OBI: Serviço Social! Puxa! Embora você tenha gargalhado, na sua afirmação está contida uma mazela social que, grosso modo, é a raiz de muitos dos males sociais com os quais padecemos! Imagina um gari, ou ajudante de pedreiro, sem atributos estéticos que possam ser considerados como beleza física, sem traquejo com a língua para se comunicar, e no auge da virilidade! Melhor utilizar-se deste "serviço social" do que estuprar ou violentar a mocinha descuidada não é mesmo?

Por Obi Ser Vando, em 30/01/2013 às 10:01

@joseantonio400 , com certeza tal gari, ou ajudante de pedreiro, seriam a alegria de muitos que recorreriam ao serviço social! :-D

Por José Antônio da Conceição, em 30/01/2013 às 09:52

@joseantonio400 Estuprar = obrigar a parceira (ou parceiro) a praticar sexo sem consetimento ou vontade. Violentar = O mesmo ato, porém contra outro ser humano que nunca fêz sexo na vida.

Por Obi Ser Vando, em 30/01/2013 às 10:04

@joseantonio400 , violar? violentar vem de violência?

Por Obi Ser Vando, em 30/01/2013 às 09:35

Isentando-se de influências externas ou daquilo que disseram sobre a ética os autores famosos, o que é ética?

Por José Antônio da Conceição, em 30/01/2013 às 09:41

@feliz Ética é ao mesmo tempo uma ciência (que julga todos os tipos de moral existentes no mundo, aprovando-as ou reprovando-as) e um corportamento do ser humano, quando este atinge um estágio evolutivo (chamam de civilizatório) em que ele (ser humano) começa por si, a fazer a crítica de alguns tipos de moral. Isso normamente acontece quendo o ser humano denuda e passa a conhecer a coisa chamada (em bom português) de hipocrisia.

Por Obi Ser Vando, em 30/01/2013 às 10:50

Por José Antônio da Conceição, em 30/01/2013 às 10:14 @feliz O suporte não, a ética é a denunciadora da hipocrisia e das ideologias nefastas travestidas em pele de cordeiro! __________ Qual seria a denunciadora da ética?

Por José Antônio da Conceição, em 30/01/2013 às 10:14

@feliz O suporte não, a ética é a denunciadora da hipocrisia e das ideologias nefastas travestidas em pele de cordeiro!

Por Obi Ser Vando, em 30/01/2013 às 09:51

@joseantonio400 , ética seria o suporte da hipocrisia?

Por Obi Ser Vando, em 30/01/2013 às 09:22

Sem o capetalismo selvagem haveria prostituição?

Por José Antônio da Conceição, em 30/01/2013 às 09:32

@feliz Creio que sim, Obi. (porém os PREÇOS seriam menores) Kkkkkk.....

Por Obi Ser Vando, em 30/01/2013 às 18:58

<img onclick="var a=['auto','100px'] , z=this.style; if (z.height==a[0]) z.height=a[1]; else z.height=a[0];" onload="this.click()" src="http://2.bp.blogspot.com/_v0nm_S-2krk/TCSxVS6ycxI/AAAAAAAAAR0/1cBhqof-KkQ/s300/www.deshow.net.jpg" style="height:auto; width:auto;"> <img onclick="window.open(this.src,'_blank')" src="http://2.bp.blogspot.com/_v0nm_S-2krk/TCSxVS6ycxI/AAAAAAAAAR0/1cBhqof-KkQ/s300/www.deshow.net.jpg" style="height:100px; width:auto;">

Por Obi Ser Vando, em 30/01/2013 às 10:59

<img src="http://www.observadorpolitico.org.br/wp-content/uploads/avatars/2016/6d4dff0d4ba182b1a8420ca3bca8cdfb-bpthumb.jpg" style="height:10px; width:auto;"> .

Por Obi Ser Vando, em 30/01/2013 às 10:58

<img src="http://www.observadorpolitico.org.br/wp-content/uploads/avatars/2016/6d4dff0d4ba182b1a8420ca3bca8cdfb-bpthumb.jpg" style="height:10px; width:auto;">

Por Obi Ser Vando, em 30/01/2013 às 09:38

@joseantonio400 kkkkkkk No meu governo será um serviço social! :-D