Opinião

Por xicograziano, em 25/02/2013 às 11:26  

Raul e Fidel: recorde da ditadura cubana

Tamanho da fonte: a-a+

Assembléia de Cuba indica Raul Castro para mais 5 anos. Incrível. Quando sair, terá com seu irmão Fidel ocupado o poder por quase 60 anos. Remexe meu íntimo essa ditadura. No vigor de minha juventude defendi a revolução cubana contra o imperialismo norte-americano. Lembro-me quanto me emocionei, nos anos 70, ao ler o famoso discurso de Fidel Castro, preso pelo assalto ao quartel Moncada. Suas belíssimas palavras defendiam o direito dos povos de “lutarem contra as tiranias”. Ironia da história: nenhuma se tornou mais longeva que a deles. Mais exdrúxulo, porém, é ver pessoas daquela época contestadora defenderem até hoje a ditadura cubana, cuspindo no ideal da liberdade que tanto defendemos.




12 opiniões publicadas

O que você tem a dizer?

Por roberto argento filho argento, em 26/02/2013 às 10:28

"Raul e Fidel: recorde da ditadura cubana" E, antes deles esqueceu a de Fulgencio Batista.

Por roberto argento filho argento, em 26/02/2013 às 09:20

Confesso minha total ignorância sobre o complexo de ilhas do Caribe - Cuba e Hispaniola (mais em Wikipédia). Cuba é, segundo a Wikipédia, o Único país Socialista das Américas - inda bem que, ainda, não conseguiram implantar o Socialismo (?!), no Brazil. Note-se que o Povo cubano, tal qual o brazileiro, também não gosta de Tiranias, mas "trocou" uma Ditadura por outra. Vai entender..

Por mario jota, em 25/02/2013 às 13:01

Em Cuba, todos do poder vivem muito bem. O povo, oras o povo...............vivem do que sobrar. O que me intriga é a burrice dos que defendem Cuba. Ou são bandidos iguais aos detentores do poder de lá, ou são retardados.

Por milton valdameri, em 25/02/2013 às 18:19

@mario130852 Resposta mais provável: letra C, bandidos retardados.

Por roberto argento filho argento, em 25/02/2013 às 14:10

@mario130852: ... Zélia Cardoso de MeLLo: "ora, o Povo é apenas um detalhe"

Por milton valdameri, em 25/02/2013 às 12:50

Eu nunca fui defensor do regime de Cuba, mas tenho lembranças muito interessantes da época de estudante. Como eu me opunha à ditadura militar, muitos diziam, ou acreditavam, que eu era marxista. Como eu discodava dos marxistas, muitos diziam, ou acreditavam que eu era a favor da ditadura militar. Surpreendentemente a situação perdura até hoje e não é apenas comigo, em várias oportunidades alguns Observadores afirmaram que estavamos (eu e outros) defendendo a ditadura militar por que discordava-mos disso ou daquilo. Na verdade a situação ficou praticamente generalizada no Brasil, qualquer um que discorde do PT é acusado de defender a ditadura militar. Como esperar que essas pessoas percebam que Cuba é uma aberração se não conseguem nem mesmo perceber que a ditadura militar acabou há mais de vinte anos?

Por roberto argento filho argento, em 25/02/2013 às 13:25

@miltonv: He he he - só deixou de ser militar.

Por roberto argento filho argento, em 25/02/2013 às 14:08

@argento: ... continua Militante ...

Por Ricardo Froes, em 25/02/2013 às 12:44

O que mais me intriga é a importância que se dá aqui a uma aberração política, econômica e social que nunca produziu nada a não ser cana-de-açúcar - que não produz mais nem para consumo interno -, que sempre viveu de esmolas - URSS, Venezuela -, que tem 11 milhões de habitantes - o mesmo número da cidade de São Paulo sem seus satélites - improdutivos que vivem na idade da pedra lascada, sem luz, sem água, sem comida e sem direito a abrir a boca para reclamar e que é a imagem mais eloquente do estrago que uma ditadura comunista pode fazer. Será que para os outros países - não latino-americanos, por favor - Cuba é tão relevante quanto aqui? Duvido!

Por regina helene de oliveira, em 25/02/2013 às 12:38

Sigam o que eu não faço- o lema dos Castros. Mudando de rumo de Cuba para o Brasil - e a ditadura dos "donos" dos partidos brasileiros?Viu no jornal de hoje o tempo que alguns estão no comando?

Por José Antônio da Conceição, em 25/02/2013 às 12:27

Mas afinal, de qual LIBERDADE se fala? 1 - "liberdade econômica é o mesmo que liberdade do ser humano" 2 - "liberdade econômica é o mesmo que liberdade para uma pequena parcela dos seres humanos" Ou será que a tal "liberdade" de votar em quem quiser, e poder exercer em qualquer lugar o direito de se expressar, é uma compensação para suportar os grilhões invisíveis que privam de tudo devido ao bolso e conta bancária completamente vazios?

Por roberto argento filho argento, em 25/02/2013 às 11:36

Pois é, Xico; procê (pra nóis) vê como o Discurso distancia-se da Prática.