Opinião

Por José Antônio da Conceição, em 05/03/2013 às 13:23  

A Bola de cristal do Opilador Político!

Tamanho da fonte: a-a+




5 opiniões publicadas

O que você tem a dizer?

Por augusto josé sá campello, em 05/03/2013 às 17:01

Boa tarde. Minha bola de cristal sempre foi meio moleca. Prefiro ler, analisar, etc. Ajscampello

Por roberto argento filho argento, em 05/03/2013 às 15:36

Não há bola de cristal, é uma simples aplicação de Marketing Rasteiro e barato, o bombardeio incessante de "informação", verdadeiras ou não (não importa); o resultado, vê-se, faz prosélitos. O PRB é DEZ !!!

Por José Antônio da Conceição, em 05/03/2013 às 16:14

@argento (Sem disfarçe nem miopia)

Por José Antônio da Conceição, em 05/03/2013 às 16:11

@argento Então o Milton Valdameri é um PROSÉLITO, PROSELITISTA que vive fazendo PROSELITISMO e especulação do subjetivismo ideológico dele? Caraca! Descobri o OBJETIVO dos comentários dele em contraponto aos meus! Mas pera aí... proselitista tem objetivo definido? Ah! deixa prá lá! Que o próprio proselitista explique! Pelo menos nessa, tentarei ficar isento da acusação insana de ser um "sabe tudo"!

Por José Antônio da Conceição, em 05/03/2013 às 13:56

Já o Gabriel Rossi, em post publicado na data de hoje, não acredita na Bola de Cristal do Opilador Político: ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- (...) ...Percebe-se que existe o internauta que se dedica a gerar e vascularizar este tipo de material. Este boateiro profissional é competente e eficiente e pode influenciar usuários de internet que ainda não possuem maturidade e educação digital por serem relativamente novos nesse universo. A disseminação de opiniões e rumores repercute e acaba por ganhar espaço na grande mídia. Temos aí o surgimento preocupante de um novo formador de opinião, que passa a desenhar a agenda da política e suas vertentes. Observamos o início efetivo do uso da internet no processo democrático brasileiro. A relação internauta-web, que necessita de muito mais maturidade e alcance através da inclusão digital, aponta perspectivas que podem ser muito bem exploradas pelas instituições e políticos em seu relacionamento com o público durante a gestão ou fora dela. O potencial de fortalecimento da democracia e do debate político é claro. Tomará que não seja uma chance desperdiçada. Algo que já é habitual em terras tupiniquim. ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- http://www.observadorpolitico.org.br/2013/03/boateiros-online-comecam-a-desenhar-agenda-politica-no-brasil/