Brasil

Por Observador Diário, em 16/04/2013 às 10:08  

Lula e Dilma minimizam “efeito tomate”

Tamanho da fonte: a-a+

“Não vamos jogar tomate nos adversários porque aí sim pode causar inflação”, disse Lula ao se referir às críticas da oposição à escalada dos preços e à postura do governo Dilma. Em seu discurso a militantes do PT em minas Gerais, segundo a Folha de S.Paulo, o petista disse que “nunca tivemos motivo e razões para ter tanta tranquilidade quanto temos agora”, com Dilma no governo. No mesmo evento, a presidente Dilma Rousseff tentou afastar o risco de persistência de alta da inflação e sinalizar que o “efeito tomate” não vai abalar a economia brasileira. ”A tendência da inflação é de queda, eu asseguro a vocês”, afirmou Dilma.

Leia mais na Folha e no Estadão




14 opiniões publicadas

O que você tem a dizer?

Por Claudemir Santos, em 19/04/2013 às 00:13

Bom, esse lance do tomate, creio q foi só um exemplo do q esta por vir. Dilma na minha concepção tem vantagens enormes sobre Lula, porém o mesmo grupo de pilantras q estava do lado de Lula,continua com Dilma. É triste ver o país caminhar rumo ladeira abaixo, em tudo quanto é item...É horrível saber q esse país esta se tornando a casa da mãe Joana, e a maioria das pessoas boas...em silencio..com medo... Por causa de um bando de tapados q não sabem votar...Aconteceu uma das maiores desgraças q poderia ter acontecido a um país...fazer..o que????

Por lauro esteves, em 17/04/2013 às 23:37

Ontem comprei tomates no supermercado, RS 2,99 Kg, o "efeito tomate" aqui em casa foi: salada de tomates, molho de tomate e no jantar teve tomate recheado com guizado (carne moída). Amanhã vou comprar mais uns dois kg. tá barato.

Por fernando f., em 17/04/2013 às 18:10

minimizou é minimizar. na real ela tirou onda com a cara do povo, como de costume.

Por Max Lopez, em 16/04/2013 às 17:44

Não se esqueçam que nosso povo tem como característica ser leniente, passivo e facilmente liderado, são resignados e desinteressados de seus direitos e deveres; Isso é consequência da nossa história de colonização e da influência católica, entre outros fatores; Também das Leis e Justiça medievais, e, de sucessivos governos corruptos e degradantes. Basta pegarmos uma pesquisa do IBOPE apontando que 67% da população é constituída por analfabetos funcionais e outros 8% por analfabetos totais para se concluir que jamais seremos uma nação próspera se a mesma for habitada por um povo INCULTO !!!!!!!

Por roberto argento filho argento, em 18/04/2013 às 02:36

@maxlopez: De tanto escutar essa Lengalenga, acaba-se por acreditar nela; deste modo este papo furado é passado de geração em geração. É só IGNORÂNCIA. Tenho absoluta certeza que você não sabe qual é o real índice da inflação, apenas acredita no que é publicado . . .

Por augusto josé sá campello, em 16/04/2013 às 14:40

Boa tarde. Meu tomate, minha vida. Eu não me levo a sério, continuo moleque, graças abuda. Ajscampello

Por mario jota, em 16/04/2013 às 13:36

Maravilha de frase: “Não vamos jogar tomate nos adversários porque aí sim pode causar inflação”. Se é assim que se combate a inflação, estamos muito mal. E toma discurso vazio. Frases de efeito não reduz a inflação.

Por Antonio Moraes, em 16/04/2013 às 11:38

Enquanto o populismo econômico, tão caro à América Latina, esteve longe do governo Lula, o PT mal ou bem foi mantendo os fundamentos de política econômica herdados de seu antecessor, com ajustes pontuais nos programas sociais, como prometido a seu eleitorado, predominantemente das classes mais humildes e desassistidas. Hoje o cenário é diferente, Lula já não é o lider inconteste de outros tempos, e sua sucessora, além da falta de carisma, começa a imprimir a marca de seu passado esquerdizante e intervencionista na economia. Que se danem os fundamentos, à maneira de nossos queridos vizinhos, o que importa é o projeto de um partido de se eternizar no governo. Infelizmente, a classe C é que vai pisar nos tomates espalhados no caminho pela administração econômica do PT, com inadimplência, o desmascaremento de programas como o minha casa, minha vida, inflação e desemprego.Os investidores já estarão longe, eles não gostam muito de guerra de tomates, a vêem apenas como uma manifestação folclórica de regiões da Espanha. Aécio e Campos, intérpretes do racionalismo econômico com diferentes nuanças entre si, devem refletir sobre isso, a responsabilidade de nos livrar do caos está com eles agora.

Por Max Lopez, em 16/04/2013 às 11:05

INFELIZMENTE quem elege esse lixo de PT é quem não precisa se preocupar com as finanças próprias, por que sabe que vai viver eternamente com as bolsas do governo. Ou seja, podem viver na miséria, sem ter onde dormir, sem o mínimo de dignidade, pisando na lama ou esgoto, sem estudo... desde que o Bolsa miséria pingue no fim do mês. O BRASIL JAMAIS EXPERIMENTARÁ O GOSTO DO DESENVOLVIMENTO. Não enquanto esse partido corrupto estiver no comando. Estão fazendo para eles e mais ninguém. Engana-se quem pensa que está melhor. Nunca esteve e vai continuar assim por causa desses MALDITOS que votam neles

Por Max Lopez, em 16/04/2013 às 10:33

Quem vive fora da terra da ilusão já sabe que tem algumas bombas-relógio prontas para explodir. Uma das mais evidentes é a bolha imobiliária que irá acontecer daqui a pouco depois que os especuladores voltarem suas atenções para a BOVESPA e deixando ao léu o mercado de imóveis. Aí sim, depois da Copa/Olimpíadas, veremos uma queda enorme nos preços destes bens, pois acabou o boom de obras civis.

Por Max Lopez, em 16/04/2013 às 10:14

Vamos começar a viver o mesmo que os argentinos: A inflação comendo solta e o Governo dizendo que está tudo bem e fazendo "jogo de números".

Por Elton Luis Gouvêa, em 16/04/2013 às 10:14

Essa dupla de comediantes tupiniquins, Lulita e Chuck, falaram isso sobre tomates, porque NÃO é NELES QUE A BANANA ESTÁ ENTRANDO, afinal eles tem o famoso CARTÃO DE CRÉDITO PRESIDENCIAL, um poço sem fundo.........

Por roberto argento filho argento, em 16/04/2013 às 11:01

@elton007: Tomate? - negócio seguinte: ouvi no noticiário (algumas notícias não me convencem, noutras paro pra pensar) que as chuvas "atrapalharam" a safra de tomate; não sei, não sou produtor nem compro tomates mas, os tomateiros, aqui da hortinha, tão dando tomates pra vizinhança . . .

Por Max Lopez, em 16/04/2013 às 11:08

@argento É a verdadeira sinuca de bico: Se continua a expandir o crédito e a aumentar a oferta monetária, a inflação dispara. Se reduz a oferta monetária e comprime o crédito, pode causar uma recessão. Só mesmo quem ñ entende de economia para acreditar que o Brasil cresceu realmente no governo do Mula. O governo estimulou a economia de forma insustentável, com aumento dos gastos públicos, expansão artificial do crédito e aumento da quantidade de dinheiro em circulação. Ñ Investiu em infraestrutura, ñ reduziu a burocracia e a carga tributária e ainda inchou o estado. Esse arranjo ñ pode ser sustentável.