Brasil

Por Observador Conteúdo, em 15/04/2013 às 09:43  

Ventilador: CGU passará a investigar denúncia de fraude no Minha Casa Minha Vida

Tamanho da fonte: a-a+

O Ministério das Cidades vai pedir a abertura de uma investigação sobre o uso de empresas de fachada por ex-servidores da pasta com o objetivo de fraudar o Minha Casa Minha Vida, principal programa habitacional do governo federal. O caso foi revelado domingo, dia 14, por O GLOBO. O ministro da Cidades, Aguinaldo Ribeiro, informou, por meio de nota, que a Controladoria Geral da União (CGU) será acionada para apurar como as mesmas empresas repassam dinheiro público, fazem as obras e ainda fiscalizam a construção de habitações populares destinadas às faixas mais pobres da população em cidades com até 50 mil habitantes.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/pais/ministerio-das-cidades-abrira-sindicancia-para-apurar-esquema-no-minha-casa-minha-vida-8114417#ixzz2QXFiPpaj




3 opiniões publicadas

O que você tem a dizer?

Por erikssom patos, em 16/04/2013 às 07:16

Não é estranho nem nada, é sim muito gozado o nosso Brasil, hilario mesmo! Um esquemão desses ai e precisa ser REVELADO POR UMA MÍDIA?! Tem razão desse pessoal do andar de cima ter raiva da mídia apelidando-a de PIG!

Por augusto josé sá campello, em 15/04/2013 às 16:01

Boa tarde. Mais uma da "mídia demoníaca". Estive conversando com um amigo que investiu dinheiro suado na Bolsa De Valores. Perdeu feio. O máximo que pude fazer foi apresentar minha solidariedade. Mas, saí da conversa pensando num conceito interessante. A tal da margem. Ou, no caso dos sinais que investidores marginais enviam e acabam influindo no preço do que é negociado em mercados nos quais, mesmo que no tranco, haja alguma transparência ou liberdade de compra e de venda. Cidades ou municípios com menos de 50 000 habitantes são algo marginal. Não costumam aparecer no radar. Aí, o bicho pega. O que é espantoso é que acima de uma quantia, o banco informa ao COAF que há movimento financeiro estranho. Como estas empresas de fancaria conseguem escapar do COAF e eu e você temos de ir lá na, Delegacia doa Receita federal dar explicações? Coisas de capitalismo de compadrio? Ajscampello

Por milton valdameri, em 15/04/2013 às 11:03

Os problemas não são apenas com as empresas de fachadas, mas com as fachadas das próprias casas, que começam a desmoronar antes mesmo de serem habitadas.