Opinião

Por , em 31/05/2013 às 23:27  

Distorção do mapa e distorção mental

Tamanho da fonte: a-a+

In 1569, the Flemish cartographer Gerardus Mercator, the first to mass-produce Earth and star globes, devised a system for projecting the round Earth onto a flat sheet of paper. His ‘new and augmented description of Earth corrected for the use of sailors’ made the Earth the same width at the Equator and the poles, thus distorting the size of the continents. Although Mercator created his projection (still used today in almost all world maps) for navigation purposes, his scheme led to a bloated sense of self for the northern countries, located at the top of the map, while diminishing the southern hemisphere’s sense of size and importance.

[Kurt Hollander - The Equator]

Esta é uma típica deturpação do objetivo da obra de Mercator que foi eminentemente prático: navegar.
Entre outras deturpações, o que “foi inflado” não foi o Hemisfério Norte, mas médias e altas latitudes, logo o Sul não foi ‘diminuído’, mas sim as baixas latitudes. E nem de longe “quase todos os mapas do mundo” a adotam, que exagero!
Quando será que os geógrafos irão parar com suas análises ideológicas infladas e começarão a tratar assuntos como esse como devem: de modo eminentemente técnico?

 




Nenhuma opinião publicada

O que você tem a dizer?